sábado, 22 de março de 2008

Ele ressuscitou... infelizmente.


Quando eu achava que ele já estava morto e enterrado, eis que o mesmo ressuscita em plena semana santa e ainda batizado pela chuva de São José. Estou falando do mero e casual recurso de SORTEIO dos critérios de desempate, utilizado na primeira etapa do SINTAF deste ano :(

Coincidentemente, ano passado postei uma mensagem no orkut do “Xadrez Cearense” dando graças a Deus o fim de sua utilização pelos organizadores e que terminava assim : “Por favor organizadores atuais e futuros, não RESSUSCITEM o sorteio, para o bem do Xadrez!”. Acho que ninguém leu :D

Por mais que justifiquem que é para evitar manipulação de resultados e coisa e tal, o sorteio pra mim é um tapa de película no enxadrista e no próprio xadrez. Tanto que ao invés de falar sobre o torneio em si que foi show de bola, resolvi postar sobre o assunto.

Vou fazer minhas as sábias palavras do mestre internacional e ex-campeão brasileiro Alexandru Segal :
o sorteio é absolutamente incompatível com a natureza de um jogo em que não se admite a sorte ou o azar
. E olhe que o próprio já foi campeão aqui no Ceará do Memorial Capablanca no cara-ou-coroa, literalmente :D. O mestre cubano que teve que pedir a “bença” de Fidel pra deixar a ilha e vir jogar este torneio aqui deve ter ficado “uma arara” :D e Capablanca se debatendo no túmulo.

Até o futebol viu que isto não fazia sentido algum e desde a decisão da Copa América de 198? , que foi decidida no cara-ou-coroa a favor do Brasil contra Argentina, que a FIFA decidiu fazer, desde então, o desempate nos pênaltis. Depois inventaram a morte-subita, tem também a prorrogação. Qualquer coisa, menos sorteio!

Desta vez vou um pouco mais além de um simples posicionamento sobre o assunto: O respeitado árbitro internacional Antonio Bento, que inclusive arbitrou mundiais, é taxativo :
Sem dúvida, a exata ordem de aplicação dos critérios de desempate é informação relevante e deve constar do regulamento do torneio, em uma de suas cláusulas ... o sorteio contraria o disposto pela FIDE
. Fonte: http://www.casadoxadrez.com/questoes/141.htm

Um abraço e até a próxima, porque agora eu vou sortear um canal de TV pra assistir!

13 comentários:

  1. o pior disso tudo,de sorteio do desempate, eh q ninguem confere,simplesmente o roberto pede a uma criança pra escolher um pedaço de papel e grita la na frente q foi numero de vitoooooorias!quem garante q foi mesmo???????????????
    ele eh um cara serio dificilmente ia manipular mais sei la,eu em,foi muita conhecidencia o paulo robiso ganhar apenas nesse criterio,no resto o daniel ganhava em todos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! enfim se naum eh pra a ver manipulaçao,eu prefiro q os enxadrístas manipulem do q os organizadores,entao eu tb sou contra o sorteio!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu também não sou a favor de sorteio de critério.

    Muito menos que o progressivo seja um dos primeiros.

    Em torneios com 7 ou mais rodadas = milésimos medianos

    Até 6 rodadas = milésimos totais

    ResponderExcluir
  3. Terrível... essa é a palavra. Em tempos de outrora (vixe, parece que sou velho hehehehe) eu cometi esse mesmo equívoco de sortear a ordem dos critérios, mas após conversa com o meu mestre em arbitragem (talvez até do resto do Brasil, AI Antônio Bento) fiquei absolutamente convencido de que o sorteio de critérios não é adequado ao xadrez e deixei desde então de utilizá-lo. Pouco me importa se o jogador gosta ou não da ordem que eu estabeleço, mas ele jogará meus torneios sabendo a ordem dos critérios muitos dias antes (as vezes até meses).

    A manipulação de resultados é um crime para uma arte como o xadrez, até porque não vejo qualquer glógria em se ganhar na "mutretagem". No entanto, a matemática é aceitável e quando um jogador calcula suas possibilidades de vencer uma competição com base na ordem PRÉ-ESTABELECIDA dos critérios é mais que justo. Ora, se o jogador sabe que o empate lhe favorece a partir de uma determinada ordem ele pode muito bem jogar para empatar, ou seja, ele pode forçar um empate NO TABULEIRO. Não estou aqui falando da combinação "druxula" de resultados.

    No que tange ao primeiro critério ser A ou B isso é muito relativo. Alguns preferem o milésimos totais, outros já preferem o número de vitórias, outros o progressivo (por incrível que pareça hehehehe) e assim por diante. Se for decidir por ser este ou aquele mais justo, a única justiça seria duas novas partidas, o que nem sempre é possível.

    Portanto, comungo da opinião do Marcius em abolir para sempre, exterminar de uma vez por todas, ou qualquer outra redundante frase que expresse o fim do sorteio no xadrez, seja para definir o que for.

    E para finalizar, em se tratando de ética no xadrez, ainda existe muito "neguinho" que não sabe o que significa a palavra HONRA. Ganhar por ganhar não nos engrandece, ganhar com HONRA nos torna campeões. Particularmente, por melhor que seja o jogador se ele não for ético em suas atitudes no jogo, o resto perde o sentido.

    ResponderExcluir
  4. Pessoal, fico feliz em saber que não estou só neste assunto aqui no Ceará. Novamente teremos que fazer frente contra esta prática novamente.

    Amorim, teve uma final Paulista que aconteceu o mesmo. Rafael Leitão vencia apenas no critério que foi sorteado enquanto Milos vencia em todos os demais. Ou seja , SORTE!

    Aloisio, todos os criterios chamados "medianos" sao sub-criterios. Ou seja, pega os pessoal que estao empatados em um dos criterios principais, ex: Progressivo, e dai sai cortando rodadas até desempatar (dai o nome mediano), no caso mediano-progressivo. Portanto , nenhum "mediano" DEVERIA ser usado antes do principal.

    Aloisio e Fernando, "por incrível que pareça" eu sou um dos que defende o progressivo como um dos principais critérios, mas apenas para o rápido FCX. Estou preparando um post sobre o assunto em breve que explica o porque.

    Aguardem...

    ResponderExcluir
  5. Caro Marcius, mesmo antes de ler neste blog sobre a "ressurreição do sorteio" já havíamos comunicado a FCX a mudança para 1ºNúmero de vitórias, 2ºProgressivo, 3ºBuchholz totais, 4º Buchholz Medianos e 5ºBerger na próxima etapa de Pacatuba que também foi sorteio na 1ª, e que será também adotado nas próximas etapas SINTAF.(Já que organizamos ambos)

    Eu particularmente considero este "critério" justo, afinal todos os critérios que utilizamos não são justos?! É apenas a ordem que os diferem? E com a vantagem de todos os jogadores jogarem "pra ganhar" sem "combinações" prévias.
    (Saliento que mudança agora ocorrida foi uma sugestão do Roberto, pois pra mim é indiferente!)

    Caro Amorim, gostaria apenas de lembrá-lo que não havia crianças no SINTAF, como então o Roberto "materializou-as" na hora do sorteio????!!!!
    Você usa argumentos inválidos, inclusive ao falar que o Paulo só ganhava no Nº de vitórias!

    E estava previsto o sorteio no folder do evento, e ao se inscrever num evento vc concorda com o regulamento do mesmo, se não confia nos organizadores de um evento não é prudente participar do mesmo...
    O Paulo Robson, parafraseando Marcius Brandão outrora, teve foi sorte .
    (Sorte = Oportunidade + Competência)

    :P

    Jacinta Rodrigues

    ResponderExcluir
  6. Daniel Madson...
    ola caros enxadristas!!
    só quero dizer que tem uma pessoa que esta usando meu sobrenome 'amorim' para fazer esses comentarios...
    Se alguem pensou que era eu, ja sabe que nao sou eu que estou fazendo isso...
    Grato pela atenção...

    ResponderExcluir
  7. Que coisa boa em dobro, Jacinta! (Gostei dessa ordem pro SINTAF, ficou show) A questão do sorteio pra mim não tem nenhum basamento técnico, apenas ACHO "incompatível" com o nosso esporte, só isto!
    Quer dizer que pacatuba foi sorteio também??? hehehe Não tava mais lendo os criterios de desempate pra não ter mais "transtorno" e como não fiquei até o fim nem fiquei sabendo. hehehe. Espero poder participar em Pacatuba de novo! Foi legal, pena que eu estava só o resto. Dê um abraço pro Roberto e parabéns pela iniciativa!

    Quanto a ordem dos criterios não é só a ordem que os diferenciam. Depende da quantidade de jogadores, do tipo de emparceiramento, da atualização de rating, quantidade de rodadas etc. Em breve estarei dando minha peruada sobre alguns critérias aqui no Blog e ai no final você irá me dizer se faz diferença ou não. Ok?

    Quanto ao resto do seu comentário não tenho nada haver. Até porque nem vi a lista dos classificados. Fui! :D

    PS: SORTE = Oportunidade (sorteio dos criterios e cruzamento de resultados) + Competência (vencer as partidas!!). Ninguém vence algo por acaso!

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de sugerir duas pequenas mudanças nas ordens dos critérios 1ºNúmero de vitórias, 2ºProgressivo, 3ºBuchholz totais, 4º Buchholz Medianos e 5ºBerger

    para a seguinte ordem:
    1ºProgressivo, 2ºNúmero de vitórias, 3ºBuchholz Medianos, 4ºBuchholz totais e 5ºBerger

    Sei que não sou árbitro mas acredito ser uma questão básica de lógica!

    Que vou tentar explanar nas próximas 2 próximas respostas...

    ResponderExcluir
  9. Justificativa 1:
    A utilização do "número de vitórias" como 1º critério quase que anula, ou pelo menos atrapalha bastante o 2º critério "progressivo"

    Ex.: Ao final da 4 rodada os Jogadores A e B estavam com 4 pontos. Ambos pegaram jogadores muito fortes na quinta rodada, Jogador A empatou e Jogador B perdeu. De forma que na sexta rodada o jogador A agora com 4,5 acabou por pegar o Iung e jogando o possível e o impossível acabou por empatar mais uma partida. Já o jogador B com 4 pontos pegou um capivara qualquer como o Igor e ganhou fácil. Ambos terminaram o torneio com 5 pontos.

    Mas no fim o jogador A, que por estar sempre no primeiro grupo teoricamente teve uma briga bem mais árdua que o jogador B, acabou ficando atrás do Jogador B que perdeu uma e acabou correndo um pouco por fora.

    Resumindo o jogador A pode ter sido desfavorecido por ser um forte jogador e estar sempre no primeiro pelotão.

    Por isso mais Justo 1ºProgressivo e 2ºNúmero de vitórias

    ResponderExcluir
  10. Alias... se você observarem bem, o progressivo nunca deverá estar atrás do número de vitórias. Pois o número de vitórias anulará o progressivo sempre. Ou se tem número de vitórias ou se tem progressivo. Nunca os dois juntos.

    ResponderExcluir
  11. Justificativa 2:
    A utilização de 3ºBuchholz totais na frente de 4º Buchholz Medianos também parece algo meio meio... Enfim isto pode prejudicar jogadores de fortes de rating mediano no torneio. Exemplo: Jogador A com rating de 1900 e em ascenção foi emparceirado na primeira rodada uma garota qualquer de 1700 de rating. Enquanto jogador B cabeça de chave com 2300 de rating foi emparceirado com um jogador de 1800 pontos de rating. Ao fim do torneio JogadorA-1900 e JogadorB-2300 terminaram com 5 pontos.

    Mas nos critérios de desempate o jogadorA-1900 perdeu feio nos milésimos totais devido a péssima atuação da garotinha que ele foi emparceirado na primeira rodada, pois a garota não fez nenhum ponto no torneio. Se o critério Buchholz Medianos estivesse na frente dos Buchholz totais talvez ele tivesse alguma chance, uma remota chance, já que seriam eliminados a contagem do escore de seu pior adversário(a garotinha) e seu melhor adversário. No fim se persistice o empate nos medianos só então que o desempate seria o Buchholz totais e fatalmente o JogadorA-1900 perderia do mesmo jeito, mas não teria sido prejudicado de forma alguma no critério de Milésimos Medianos.

    Agora o do número de Vitórias na frente do Progressivo... É GRITANTE ! =/

    ResponderExcluir
  12. Concordo com o igor...a do numero de vitorias eh uma questão logica...Jacinta quando você fala que numero de vitorias é para favorecer a quem busca vencer sem combinaçao e etc, vc ta dizendo que isto eh uma regra, e na verdade isso sao exceçoes...o caso que o igor citou foi perfeito...vc nao pode começar um torneio pensando que ira haver combinaçoes de empates afim de melhor premiaçao ou algo do tipo...eh ilogico xadrez nao eh futebol nao...

    ResponderExcluir
  13. Caro Diego, na minha postagem eu me referia ao sorteio como "critério" justo...
    (Desculpe-me a falta de clareza, pois no momento eu escrevia com muita decepção, ao ver postado uma grave acusação a nós e a seriedade do que fazemos e somos, baseada em fatos infudados e mentirosos!)

    Quanto a ser nº de vitoria, progressivo, berger... Estou aguardando as peruadas do Marcius aqui para depois eu reformular meus conceitos sobre.
    As postagens do Igor são bem interessantes e merecem atenção.


    Até mais...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...