segunda-feira, 19 de outubro de 2009

NOVA PROGRAMAÇÃO DO CAMPEONATO CEARENSE ABSOLUTO

Em reunião no último sábado, 17 de outubro, convocada pela Federação Cearense de Xadrez para tratar sobre o Campeonato Cearense de Xadrez Absoluto 2009, onde foram convidados todos os jogadores classificados para a referida final, compareceram os seguintes jogadores: Diego Lima Luz, Igor da Paz Palácio, Marcius Gomes Brandão, Moezio Correia Nunes e Vicente Francimar de Oliveira. A reunião foi comandada pelo Diretor Técnico da FCX, Antônio José da Silva Bezerra e foram deliberadas as seguintes questões, as quais levamos ao conhecimento de todos os demais jogadores classificados para o referido torneio.

PROGRAMAÇÃO: O torneio será realizado em dois finais de semana, em seis rodadas de 2h nocaute, válido para rating CBX, conforme a seguir:

07 Nov – 15h – Confirmação de inscrições
07 Nov – 15h45min – Congresso Técnico
07 Nov – 16h – Sessão 1
08 Nov – 10h – Sessão 2
08 Nov – 16h – Sessão 3
13 Nov – 19h – Sessão 4
14 Nov – 14h – Sessão 5
15 Nov – 10h – Sessão 6 e Premiação

Local: Centro de Xadrez Farias Brito
Emparceiramento: Sistema Suíço (Swiss Perfect)
Participantes: Enxadristas que tenham obtido 50% ou mais dos pontos previstos em torneios CBX promovidos pela Federação Cearense de Xadrez
Critérios de emparceiramento: 1º - Rating FIDE 2º - Rating CBX
Tolerância para atraso: 50min do horário previsto para o início da sessão
Empate de comum acordo validado a qualquer tempo e independente do número de lances.
Inscrição – Valor único de R$ 20,00 até o dia de inicio do torneio.
Destinação dos recursos das inscrições: 75% para o campeão, 25% para auxiliar nas despesas administrativas. Os três melhores colocados ganham troféu.

Critérios de desempate: 1º Buchholtz totais 2º Progressivo 3º Medianos 4º Berger 5º Número de vitórias.

Os jogadores que efetuarem sua inscrição através de depósito na C/C 25.606-4 Ag. 3140-2 (Banco do Brasil) favor informar pelo email xadrezcearense@yahoo.com.br.

Outras informações pelos telefones (88) 3412 1672 ou (88) 9956 2849 ou no folder oficial do torneio em www.xadrezcearense.com.br

20 comentários:

  1. É brincadeira!
    Uma final de Campeonato Cearense de Xadrez sem uma premiação previamente definida, e no mínimo aos cinco (5) primeiros colocados. Horrível???????

    ResponderExcluir
  2. Infelismente o Campeonato Cearense vai ser realizado mais uma vez no improviso! Uma etapa do rápido em Barbalha tem premiação melhor que a final do Cearense!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Prestação de Contas aos enxadristas seria algo bastante pertinente.

    Porém no dia da reunião o Diretor Técnico da FCX disse que a Federeção só presta contas aos clubes.

    O que parece algo bastante insólito já que ela lida diretamente com o enxadrista e cobra taxas diretamente do enxadrista.

    ResponderExcluir
  8. Em defesa própria, acerca do comentário de Igor Palácio:

    Salve, Igor!
    Fiquei contente com sua participação na reunião que definiu, de forma dialogada, não impositiva, as regras da Final do Cearense.
    Mas, algo lhe passou sobre a questão de prestação de contas, que você não explicitou:
    comentei que de acordo com as obrigações estatutárias a FCX apresenta suas contas aos Clubes filiados, mas que eu, já havia mencionado ao Sr Presidente da FCX a necessidade dessa exposição aos enxadristas, em face da FCX esse ano ter arrecadado diretamente deles a taxa de cadastro. Em face disto, espero que você confirme esta minha posição, como pessoa de bom senso que é.

    ResponderExcluir
  9. Salve, Aloísio!
    Li teu comentário e como militar que sou, sargento, supus que era comigo. Liguei para amigos e eles me viram, tentei te ligar diversas vezes, mas você não atendeu, será que estou com o número errado?
    Bem, como você acha o que disse e como eu acho que foi comigo, lá vai:
    Considero o Fernando uma pessoa que sabe tomar suas decisões e, quando as toma de forma que se mostram inadequadas e afetam enxadristas e FCX sou um crítico, como o fui em Quixadá, na análise realizada perante os enxadristas, na qual o senhor havia se ausentado.
    Quando foi divulgado o 1º folder, fui um crítico, achei exagerado o período, o número de rodadas e a cadência. Contatei e foi efetuada uma mudança, que não foi a que eu havia sugerido. Mas sou leal.
    Por ocasião da reunião, na qual contava com sua presença, um grupo de trabalho discutiu e apresentou o que está exposto no folder.
    Nos eventos que realizo tenho primado pelo respeito a horário, normas e questões pessoais de enxadristas, que ao que tudo indica lhe são desconhecidas. Nunca deixei de premiar, quer arrecade ou não. Mas o que é bom é apenas nossa obrigação. A má impressão é a que fica.

    ResponderExcluir
  10. Do teor de teu comentário, agora estou com a impressão que após você querer me tirar o direito de voto na eleição da FCX, me quer expurgado do xadrez cearense. Até com campanha anti-Bezerra. Mas. deve ser impressão...

    Quanto a Quixadá 2008, solicito a paciência da leitura do texto abaixo:
    Há um ditado latino que diz: “bonis nocet, qui malis parcit”.

    Esse ditado é repetido em vários países, em vários idiomas: “Who pardons the bad, injuries the good” na Inglaterra e nos Estados Unidos. “Chi perdona ai cattivi, nuoce ai buoni” na Itália; “Qui épagne le vice, fait tort à la vertu” na França; “Ofensa hace a los buenos el que a los malos perdona” na Espanha. Em nosso bom português é “Ofende os bons quem poupa (ou protege) os maus”.

    Veja quanta verdade está inserida neste ditado!

    Quando somos complacentes com quem não é bom, estamos, na verdade, ofendendo os que são verdadeiramente bons.

    Veja na empresa. Quando protegemos funcionários que não são comprometidos, que não buscam ser competentes, que não atendem bem, que não participam de nossa visão e nossas crenças, estamos, na verdade, punindo os bons, aqueles que são comprometidos, que são competentes, que atendem bem, que compartilham de nossa visão e nossas crenças. É ou não verdade?

    Quando um chefe vê um erro ou um trabalho mal feito e não chama a atenção do subordinado, está na verdade ofendendo quem faz bem feito e luta para se aperfeiçoar todos os dias.

    Quando um funcionário atende mal a um cliente e não é chamado a atenção ou punido pelo seu chefe, esse chefe está na verdade, indiretamente, punindo quem faz todo o esforço para atender bem os clientes.

    E nada é mais desmotivador para um funcionário do que a injustiça de ver pessoas erradas sendo tratadas da mesma forma que pessoas certas. Nada é mais desmotivador do que vermos pessoas desonestas sendo tratadas da mesma forma que as honestas. Nada é mais desmotivador do que a injustiça e a impunidade.

    Da mesma forma é com os clientes. Ofende os bons clientes, a empresa que não faz diferença entre os bons e os maus e trata os maus da mesma forma que os bons. Clientes que não pagam em dia, que não seguem as instruções de uso de nossos produtos, não podem ser tratados da mesma forma que os que são realmente comprometidos com o nosso sucesso como empresa.

    Um dos grandes problemas do Brasil, dizem os jornais e revistas, é a impunidade. Quem faz o certo sente-se injuriado ao ver a impunidade. Assim, os que pagam seus impostos em dia são zombados pelos que não pagam, na certeza de uma anistia fiscal. Os que chegam aos compromissos no horário marcado sentem-se tolos, ao verem que o horário respeitado é o dos que chegam meia hora atrasado. Os organizadores do evento ainda têm a petulância de dizer: “Vamos demorar mais meia horinha (sic) para começar porque muitos convidados ainda não chegaram...”. Quem respeita as leis do trânsito fica revoltado ao ver os que desrespeitam o fazerem na frente de um policial, e nada acontecer. Isso sem falar nos corruptos soltos. Nos traficantes soltos. Nos pichadores do patrimônio histórico que são elogiados como “grafiteiros”, etc.

    Anestesiado por tanta impunidade, como se sente o brasileiro?

    Lembre-se: “Ofende os bons, quem poupa os maus”.

    Faça um exame de consciência e veja se você também não está cometendo essa injustiça.

    ResponderExcluir
  11. Confirmo que o Bezerra falou sobre a prestação de contas.

    Estava na reunião e lembro que logo após eu cobrar a prestação de contas, ele comentou isso.

    O Fernando ficou de marcar uma reunião com os enxadristas pra tratar sobre a situação da Federação.

    Fica a dica dele levar a Prestação de Contas da FCX. Já que a Federação tem um contador, isso não deve ser dificultoso.


    abraço a todos!

    ResponderExcluir
  12. Se o Diretor Técnico é a favor dessa prestação, e os enxadristas se acham no Direito de tê-las. Nada mais justo que seja apresentadas as contas da Federação!

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Grato pela resposta, Aloísio!
    Nossa vida é um constante aprendizado. Sei das minhas indisposições com alguns, não com todos, e alguns com motivos que até desconheço. Seja como for, tenho procurado contornar situações, algumas vezes com êxito, outras não.
    Do comentário gerador desse debate, te liguei na expectativa da confirmação de meu nome, pois embora eu soubesse que era a mim dirigido, meu nome não constava, parecendo "indireta". Gosto de falar pessoalmente, telefone, e-mail, distanciam as pessoas e dão falsas impressões por não transmitirmos com toda intensidade o que queremos, nem nos permitir o rápido contorno de uma expressão mal colocada, etc.
    Quanto ao CRESSE, Aloísio, os torneios lá realizado estavam todos com previsão da 1ª rodada para às 10:00h, horário que foi observado quando muito com 5 a 10 minutos de atraso, independente do número de participantes.
    Um abraço e até breve.

    ResponderExcluir
  19. Confirmo que o Bezerra disse ter cobrado também prestação de contas aos enxadristas, junto a FCX referente a 2009, mesmo que pelo estatuto da entidade seja necessário a prestação de contas apenas aos clubes.

    ResponderExcluir
  20. Assim esperamos da FCX, que preste contas altere este estatuto para melhor atender seus clientes, "Os enxadristas", de quem ela cobra taxas diretamente.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...