segunda-feira, 9 de abril de 2012

Guerra contra o terror : Os empates combinados


O novo critério de desempates imposto pela CBX tem causado muito zum zum zum.


No fantástico (diga-se de passagem) Aberto do Brasil de Fotaleza 2012 realizado no último final de semana, mais um fato, no mínimo, curioso causado pelos critérios de desempates (deixando claro que os organizadores não tem nada haver com isso, só estão cumprindo as leis): O número 1 do torneio, jogou com 2 MF, 2 IM e 2 GM, sempre na mesa 1, não perdeu pra nenhum deles e somou impressionantes 6 pontos em 7, se considerar-mos a qualidade dos adversários.

Entretanto, o campeão (que não tinha nada haver com isso e jogou pra vale com quem foi emparceirado) foi outro, que jogou contra 4 não titulados!!!, perdeu prum MF na quarta rodada e "foi correndo por fora" e o jogador "mais forte" que pegou depois foi um IM na quinta mesa na última rodada.

Além dos títulos e ratings, os números também confirmam que os adversários mais fortes, NESTE TORNEIO, foram os do no.1, que somaram 32 pontos (e consequentemente melhores colocações NESTE TORNEIO) contra 28.5.

Matematicamente, o número de vitórias não faz sentido num sistema suiço, pois estamos comparando conjuntos diferentes. É o mesmo que dizer que meus 6 limões valem mais que suas 5 maças! Tanto faz ganhar de um capi quanto ganhar de um GM.

O OUTRO LADO DA MOEDA

No entanto, esta sendo bem legal ver quase todo mundo (ainda que existam vários empates "rápidos") se "matando" pelas vitórias. O Xadrez Brasileiro só tem a ganhar com isso! Nós enxadrístas só temos a ganhar com isso. Chega de ficar com medinho e se esconder atrás de empates. Agora é hora de abrir a caixa de ferramentas e jogar o que sabe. Se ficar parado na escada rolante (principalmente na última rodada :D), vai ficar pra trás.

Sou contra a forma utilizada, mas sou a favor da idéia : Promover um upgrade do nosso xadrez!
Parabéns à CBX pela atitude, e NÃO ao número de vitórias (é a arma que se tem no momento)!

Essa é minha humilde opnião. E você? É a favor ou contra?
Seja qual for a resposta, você está certo (ou não :D)!

NÃO ME ENVERGONHO DE MUDAR DE IDÉIA 
PORQUE NÃO ME ENVERGONHO DE PENSAR
(Pascal)

5 comentários:

  1. Minha sugestão: torneios diferentes, critérios diferetes! Torneios "abertos" com jogadores de todos os niveis - valem os critérios "antigos", mas com um acréscimo: o arbitro decide se a partida é empate ou não. Ou se os dois perderam em caso de empates combinados!
    Torneios fechados: uma vitória vale mais que dois empates.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do tópico, bem imparcial, objetivo, e com um ar satisfação com o upgrade.

    Foi muito bom ver o pessoal batalhando! Isto vai marcar o xadrez!! Não vimos aqueles corriqueiros empatezzzzinhos nas primeiras mesas!

    Espero que cheguem a um acordo que prestigiem a vitória.

    Na minha opinião, o nº de vitórias é o que mais convém. Mas como sou leigo, fica a cargo do pessoal gabaritado decidir isto.

    Por enquanto que estes critérios estão vigorando, vamos ver muita batalha como foi vista neste torneio. Nenhuma das primeiras mesas combinou empatezzzzzzinho! Vão pensar duas vezes por enquanto... como disse o Mauro Amaral: têm que se conformar, por enquanto, e colocarem o regulamento debaixo do braço.

    É isto, foi muito bom NÃO VER aquela reuniãozinha de cúpula que tanto víamos nos torneios.

    Espero que a FCX adote estes critérios para o circuito de rápido também.

    ResponderExcluir
  3. Acho que torneio aberto é isso mesmo,o sistema Suiço nunca foi justo, hoje você tem sorte no emparceiramento no torneio seguinte você não terá. Acredito que evitando os empates combinados já é 80% de espetáculo pra quem está querendo ver combate. Cansei de ver empates entre GMs e Mis em torneios Abertos. Talvez pra decidir o campeão do Torneio se faça partidas rápidas, e ai a emoção vai aumentar ainda mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o Jayme... tambem sou a favor de acabar de vez com a manipulação de resultados atraves de acordos, mais enfim mudei de ideia com relação ao critério adotado "numero de vitórias", pois até mesmo o campeão do aberto do brasil não achou justo ter sido campeão....sendo assim creio que o Armagedon, logo após o confronto direto, seja o critério mais justo ao menos nessa fase de transição....O importante a CBX ja fez, foi dar o primeiro passo, Uma coisa é certa...estou muito feliz em ter feito parte de dois fatos marcantes em um evento só.... O maior torneio da história do nosso xadrez ( numero de jogadores / premiação / nivel tecnico / jogadores de fora...etc) e ao mesmo tempo essa transição com os novos critérios....todos sabem que talvez o melhor naum tenha vencido, mais ao menos não houve manipulação de resultados...Isto ja eh uma vitória, para o xadrez cearense, para o xadrez brasileiro e quem sabe até para o xadrez mundial....Obrigado Ari Maia por nos proporcionar fazer parte desta HISTÓRIA, um fato que ficará marcado atraves das gerações...E só para citar a satisfação total do torneio....mesmo tendo tido problemas de saude dentro da minha familia e não ter dado o meu melhor xadrez nas 4 ultimas rodadas...assim mesmo tenho certeza que meu objetivo foi alcançado, fiz um bom bloco FIDE...Joguei com 6 jogadores FIDE em 7 rodadas ( primeira rodada tbm peguei um FIDE mais venci por WO e naum conta para o bloco)e dos 6 pontuei em cima de jogadores muito fortes 1x0 contra um de 2157 e 0,5 x 0,5 contra um MF de 2136, este ultimo só ofereci empate pois estava com pressa para terminar por conta do problema de saude do meu familiar...infelizmente, para mim, nada haver com o brilhante torneio, as 3 ultimas rodadas não mantive a performance e acabei perdendo para FIDE's menores...assim mesmo acho que meu bloco sairá bom...Agora a pergunta que não quer calar, onde mais poderia eu ter feito um bloco melhor que esse sob tais condições???? Por isso tenho certeza....o II Aberto do Brasil cidade Fortaleza foi um sucesso e ficará para a história...

      Abraços a todos e nos vemos nos torneios por ai....hehehe

      Mineiro

      Excluir
  4. Com o tempo, talvez se chegue a conclusão (ou não) de que o número de vitorias não é o mais adequado. Mas pelo menos teremos CERTEZA de que algo tem que ser feito contra esses empates combinados. E ai surgirá alguma solução aceitável, provavelmente vinda dos proprios jogadores.

    Mas que foi muito prazeroso baixar o pgn e ver partidas "completas",ah! isso foi.

    Ai sim valeu a pena a organização investir uma grana para publicar as partidas o mais rápido possivel. Parabéns à CBX e aos organizadores pelo Aberto do Brasil (já deixou de ser de Fortaleza :D).

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...